Mapa da Educação

Atentemos aos dados abaixo:

• A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) 9394/96 garante o respeito aos diferentes ritmos de aprendizagem dos alunos: Art. 23 – “A educação básica poderá organizar-se em séries anuais, períodos semestrais, ciclos, alternância regular de períodos de estudos, grupos não-seriados, com base na idade, na competência e em outros critérios, ou por forma diversa de organização, sempre que o interesse do processo de aprendizagem assim o recomendar”;

Analfabetismo – dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e eEstatística) – 2000 = 13,3% da população brasileira;

Não interpretação de textos simples – dados do IBOPE (Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística) = 75% da população brasileira;

Paulo Freire (1921-1997) já postulava uma “Educação” como sinônimo de “prática da liberdade”, o que sugeriu novo paradigma desde a década de 60.  Propôs mudanças no material para se alfabetizar, nos objetivos para os quais se alfabetiza e nas relações sociais em que se alfabetiza. Assim, entendeu alfabetização como:

“Meio de democratização da cultura, conscientização, politização, meio de tornar o homem consciente de sua realidade e de sua possibilidade de transformá-la”.

Se a LDB garante o respeito aos diferentes aprendizados dos alunos, se o índice de analfabetismo tem diminuído nos últimos anos, se Paulo Freire desde a década de 50 salientava a importância de uma Educação diferenciada, que atrele conhecimento e aplicabilidade, como explica-se o fenômeno de 75% dos brasileiros não conseguirem compreender minimamente um texto simples, como um bilhete, por exemplo, em 2010?

Para saber mais:

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia – Saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

www.ibge.gov.br

www.ibope.com.br

 

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Práticas pedagógicas docentes e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

7 respostas para Mapa da Educação

  1. Alan Carneiro disse:

    Professora walquiria interpretando esse artigo 23, isso significa que o ciclo pode ser
    fatiado em semestres?exemplo : dois anos, o formando cumpriu apenas o primeiro
    semestre,parou o semestre seguinte, ao retornar ele reinicia tudo ou seguirá no
    segundo semestre?

  2. Egrimistan Domiciano Rodrigues disse:

    Adorei professora !!!!!
    A senhora é muito inteligente….quando eu crecer quero ser igual..te admiro muito e vou leva-la no meu ♥ pois eu aprendir a te olhar com um olhar de minha amiga vc é muito importante pra mim .
    não vou esquecer jamais da temperatura das suas mãos …te adoro de verdade professora ..desculpa se eu fui rude com a senhora …..mas graças a DEUS ele mim fez acordar e peceber o ser humano magnífico que é a senhora …bjososo e boa sorte ..
    Espero que eu possa aprender muito mais em suas aulas ate o meu curso……!!!!

    • walkiriaroque disse:

      Egrimistan, você é uma menina dedicada, esperta, inteligente. Fico muito satisfeita em saber que pude colaborar em sua formação. O ano termina, mas a nossa amizade, não! Escreva-me sempre para conversarmos sobre a vida, sobre Educação.
      Participe sempre do blog. Você é muito importante.
      Um beijo!

  3. Afesua disse:

    Nesta hora nos perguntamos se realmente existe interesse em se educar a população de formar a fazer com que ela tenha relamente acesso a qualquer forma de cultura e até onde esta diminuição de analfabetismos é apenas um dado para aumentar o estados dos governantes que dizem fazer algo pela Educação. Educação como forma de liberdação é algo que pode ser muito perigoso para algumas pessoas, então para trabalhar desta forma, é melhor apenas fingir que se tem tal intenção.

    • walkiriaroque disse:

      Afesua, suas observações são bastante pertinentes. Notar que não é interesse dos governantes que a população leia, interprete, reflita demonstra que sua atuação como educadora será diferenciada. Você terá um grande futuro!
      Façamos já o que nos cabe para mudar esta realidade!
      Um beijo!

  4. Edineide disse:

    Parabéns pelo trabalho e bacana compartilhar. Gostaria de saber se você tem algum material sobre o tema Magda Soares X Telma Waiss, a diferença como cada uma vê e fala sobre sondagem de escrita e forma de aplicação. Obrigada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s