Alfabetização e Letramento – Em busca da qualidade em alfabetização: em busca… de quê?

A qualidade na Educação Básica, segundo SOARES (1995)

Segundo SOARES (1995) a qualidade na Educação Básica implica no exercício de pesquisas, estudos e seminários, fatores determinantes para a qualidade da alfabetização oferecida às crianças desde o início de seu processo de escolarização. Duas perspectivas demonstram o impacto dessas atividades relacionadas à prática docente. A saber:

  1. Relativas ao processo de aprendizagem: metodologias, fatores intra e extra-classe, materiais didáticos, formação do professor, ritmos das crianças para serem alfabetizadas (tempo de aprendizagem), etc;
  2. Relativas ao produto: providências com relação aos resultados dos processos de aprendizagem e do conhecimento que realmente foi aprendido pelos alunos. Nesta perspectiva, os índices de evasão / retenção deverão ser considerados.

Assim, a autora sugere que se essa qualidade for entendida como “propriedade, atributo, condição” (como aponta o dicionário)  não se pode perder de vista o contexto social, econômico, político, cultural e educativo em que ocorram essas práticas, ou seja, não são isoladas, descontextualizadas, ímpares. Os conceitos de alfabetização e letramento já representam um dificultador na efetivação de tais práticas qualitativas, pois não há clareza, por parte dos professores, de seus significados.

Este pequeno texto refere-se à temática do capítulo 3 do livro abaixo.

SOARES, Magda Becker. Alfabetização e Letramento. São Paulo: Contexto, 1995

Sobre walkiriaroque

Adolescente em conflito com a lei (Socioeducação), especialista em Psicopedagogia e graduação em Pedagogia. Cursou o PROFA - Programa de Formação de Professores Alfabetizadores e ainda o Magistério, no CEFAM - período integral. Atua na área da Educação há 24 anos. Tem experiência no Ensino Fundamental desde 1999, como Docente, Diretora, Coordenadora Pedagógica e Supervisora de Ensino. No Ensino Superior, atua desde 2005, na Graduação e Pós-graduação, como Docente, Coordenadora de Curso, Supervisora de estágios e Diretora geral de Unidade. Foi membro do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) de Taboão da Serra / SP, representante governamental da Educação, no período de 2013 a 2015. Desde julho de 2018, faz parte do Banco de Avaliadores do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior - BASis, na área de Cursos de Graduação do SINAES. Atualmente é Coordenadora Pedagógica no IBFC e cursa a Pós-Graduação Conciliação e Mediação de Conflitos. Principais habilidades: gerenciamento de conflitos, liderança, capacidade para lidar com prazos e metas, postura adequada, comprometimento com resultados.
Esse post foi publicado em Práticas pedagógicas docentes e marcado , . Guardar link permanente.

2 respostas para Alfabetização e Letramento – Em busca da qualidade em alfabetização: em busca… de quê?

  1. Monique Cruz disse:

    Pior que não ter clareza,por parte do educador, é não ter clareza na Gestão. O educador esta no fim da hierarquia, triste mesmo é ver propostas completamente fora da realidade que só servem pra ficar bonito na foto… Magda Soares é incrível, suas observações são muito pertinentes, mas não podemos esquecer que em ambientes educacionais com uma Gestão coerente o desenvolvimento e potencial do educador é melhor aproveitado.
    Adorei seus espaço, voltarei sempre!

    Viste nossa última postagem no “Educador Criativo”.
    https://educadorcriativo.wordpress.com/2017/02/07/10-atividades-com-o-nome/

    Beijos e até logo Walkiria. :*

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s