O que é CNV Comunicação Não-Violenta

Pode ser compreendida como uma forma de comunicação que pressupõe conexão, ligação entre os envolvidos de modo a compreender suas demandas, necessidades, pedidos. Segundo o autor, Marshall Rosenberg, a CNV “se baseia em habilidades de linguagem e comunicação que fortalecem a capacidade de continuarmos humanos, mesmo em condições adversas”[1], não tão favoráveis. Especialmente no contexto escolar durante a pandemia, ressalta-se a necessidade de uma intervenção cujo referencial seja aproximar o grupo escolar, seja na relação professor-aluno, na relação gestão-professores, ou ainda, aluno-aluno, já que a realidade que se impõe é de distanciamentos físicos e emocionais.

Nesta abordagem não há juízo de valor para “certo” e “errado”, “bom” ou “ruim”, “justo” ou “injusto”, tampouco críticas. A verdadeira essência da proposta é a expressão de sentimentos e necessidades, bem como a compreensão, num movimento de escuta ativa, caracterizada como “compaixão” por Rosenberg. O que propõe é que haja contato, ligação legítima com o outro e comigo mesmo, numa relação de empatia. Considera que a maneira como nos comunicamos com o outro, ou seja, como nos aproximamos das pessoas para dirigir-lhes a palavra, e como damos atenção ao que elas têm a nos dizer, é a principal questão de conflitos.

O autor nos auxilia na compreensão da CNV quando lhe atribui quatro componentes:

  1. Observação;
  2. Sentimento;
  3. Necessidades;
  4. Pedido.

Para saber mais: Marshall Rosenberg, americano, psicólogo, nasceu em 1934 e faleceu em 2015. Nos anos 60, iniciou seu trabalho como orientador educacional em escolas, período de grandes movimentos americanos sobre os direitos civis de igualdade sobre as etnias. Essa experiência lhe proporcionou repertório para constituição das bases da CNV.


[1] ROSENBERG, 2006, p. 21.

Sobre Walkiria Roque

Carreira desenvolvida na área de Gestão Educacional. Profissional com mais de 20 anos de atuação na liderança e gerenciamento de ensino. Vivência em diversos níveis de ensino, atuando como docente, diretora, coordenadora e supervisora, conduzindo atividades administrativas e pedagógicas. Ampla experiência na liderança e formação de coordenadores e gestores educacionais, desenvolvendo e capacitando o corpo docente, promovendo modelos de aprendizado acolhedores e auxiliando instituições a alcançar excelência educacional.
Esse post foi publicado em CNV Comunicação Não-Violenta e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

8 respostas para O que é CNV Comunicação Não-Violenta

  1. Daniela Gertrudes Zindel De Rezende disse:

    Parabéns pela sensibilidade na escolha do tema Wal!! Precisamos repensar a forma de nos comunicarmos… A velocidade de comunicação aumentou e as pessoas, por fslta de empatia ou mesmo por pressa, não percebem o efeito devastador que uma palavra as vezes pode ter…

  2. Michelle disse:

    Amei esse texto! Gratidão pelas informações!

  3. Priscila Mendonça disse:

    Foi de muito valor eu ter lido o link .
    Os 4 componentes da CNV é de se refletir e absorver principalmente nesse retorno híbrido .
    Você arrasando sempre.

  4. Daniel Lucas disse:

    Há quantos anos te sigo. Retornou ao blog
    Sucesso Professora Wal

  5. Camila disse:

    Assunto muito interessante… com certeza irei frequentar bastante seu blog.
    Estou adorando! Parabéns!

Deixe uma resposta para Daniel Lucas Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s